3º Tempo – Modernismo

Geração de 45

 

 

 

  •  1969 – Eleito por unanimidade para a  ABL (Academia Brasileira de Letras).

 

  •  Poeta ateu.

 

  •  Família de senhores de engenho abastados.

 

  •  Infância nos engenhos vendo em frente à casa grande a  procissão dos que fugiam da seca .

 

  •  Cargos burocráticos em órgãos públicos.

 

  •  O ENGENHEIRO – 1945 à Constrói palavra sobre palavra = pedra sobre pedra.

 

  •  Rigor matemático e construtivo da engenharia.

 

  •  Carreira diplomática – Itamarati (Barcelona, Londres, Marselha, genebra, Berna, Honduras).

 

  •  1953 à Acusado de subversão e comunismo.

 

  •  Queria ser crítico literário – julgava-se despreparado.

 

  •  Toda poesia é metrificada (verso e oito sílabas) à mais difícil.

 

  •  Influência da Literatura de Cordel.

 

  •  Influência  de Drummond e Murilo Mendes.

 

  •  Duas águas à superfícies planas que constituem um telhado.

 

  • Divisão de João Cabral de Melo Neto.
    • DUAS ÁGUAS
      • Primeira Água à Poesia cerebral à Público intelectualizado.
      • Segunda Água à Poesia popular à Dramática à Auditório mais amplo

 

 

 

CARACTERÍSTICAS

 

  • Neorealismo .

 

  • Poesia ibérico medieval.

 

  • Tradição dos autos medievais.

 

  • Ritmo, musicalidade.

 

  • Objetividade.

 

  • Concisão e precisão.

 

  • Lógica e raciocínio.

 

  • Metalinguagem.

 

 

 

 

ALGUNS TEMAS

 

 

  • Vivência Nordestina
    •  Retirantes
    •  Tradições
    •  Folclore
    •  Herança Medieval
    •  Recife/Pernambuco
    •  Rio Capibaribe
    •  Engenhos

 

 

  • Viagens
  •  
  • Memórias
  •  
  • Sensualidade
  •  
  • Pintura
    •     Miró
    •     Picasso
    •     Vicente do Rego Monteiro

 

  • Literatura
    • Paul Valéry
    • Cesário Verde
    • Augusto dos Anjos
    • Graciliano Ramos
    • Drummond

 

  • Futebol

 

  • Espanha
    • Gentil
    • Feminina

 

  • Pernambuco
    • Árido
    • Masculino